Grupo de Itatira investigado por ser um dos braços no Ceará de facção paulista - Revista Camocim















terça-feira, 6 de julho de 2021

Grupo de Itatira investigado por ser um dos braços no Ceará de facção paulista



Em coletiva de imprensa hoje (7) na Polícia Civil sobre operação ontem em Itatira, foi aberto o jogo de que as investigação contra o grupo comandado por Jonas Matheus — filho do prefeito Zé Dival — e Paulo Anderson — laranja do ex-prefeito Airton Bié  — dá pista do esquema de lavanderia de dinheiro no Ceará que favoreceria a facção paulista PCC.


O delegado titular Osmar Barreto relatou que as investigações começaram em junho e, agora, estão sendo aprofundadas — isso tudo sem a presença da Procap. O objetivo é apurar as supostas ligações da quadrilha, que seria comanda por Jonas e Paulo, com políticos do Centrão (PP) e com o PCC. Seriam cinco ou seis ramificações da facção paulista dividindo 80 prefeituras no Ceará.


Em tempo


A denúncia da própria Polícia Civil é que essa organização de Itatira desviou R$132 milhões ao atuar como lavanderia, operando em pelo menos 15 prefeituras das 80 dominadas pelo PCC.


CN7

Nenhum comentário:

Postar um comentário