Falta insulina: secretaria da saúde de Camocim pretende matar pessoas pobres que fazem controle da diabetes. - Revista Camocim















sábado, 24 de julho de 2021

Falta insulina: secretaria da saúde de Camocim pretende matar pessoas pobres que fazem controle da diabetes.



Enquanto a pilantragem faz teatro na máquina pública com cenas de controle e bem estar social, vários camocinenses - os da vida real -  estão bebendo forçadamente o cálice de fel empurrado pela gestão municipal, versão governo Betinha Aguiar. Desta vez, os diabéticos estão sem medicamento há várias semanas.  E há várias semanas a resposta do pessoal da Farmácia Pública Municipal é: NÃO TEM INSULINA, NÃO SEI QUANDO CHEGA , VENHA DEPOIS! como se o controle da doença esperasse pela boa vontade da prefeita e da secretária da saúde, que NADA FAZEM para atender com dignidade a população. 


A situação é estarrecedora.  Na realidade, pensando melhor,  é uma SITUAÇÃO CRIMINOSA, porque atenta violentamente contra a vida das pessoas, principalmente as mais pobres, que podem morrer sem o uso da medicação. 


Como se não bastasse o desemprego e a carestia de TUDO!  - sem falar na Covid-19, a população precisa resistir a essa força da morte chamada Governo Municipal. 


Alô Ministério Público Estadual, alô vereadores.


Carlos Jardel 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.