Prefeita Betinha manda retroescavadeira e Guarda Municipal aprender balsa de um trabalhador no Guriú - Revista Camocim

terça-feira, 8 de junho de 2021

Prefeita Betinha manda retroescavadeira e Guarda Municipal aprender balsa de um trabalhador no Guriú



Hoje pela manhã (08/06) o proprietário de uma balsa que faz a travessia de pessoas e veículos no  Rio Guriú, foi surpreendido pela abordagem de um funcionário da Prefeitura de Camocim que estava acompanhado da Guarda Civil Municipal e de uma retroescavadeira para notificar o trabalhador e apreender a embarcação. Uma viatura da PM também esteve no local durante a ação.  


Moradores da comunidade se revoltaram com a atitude intimidadora da prefeita Betinha e não permitiram a apreensão da balsa. O município alega que o proprietário da embarcação, Walter Sousa, não possui alvará para exercer o trabalho.


Walter explica que possui toda a documentação legal  necessária para poder desenvolver seu serviço, expedida pela Agência da Capitania dos Portos de Camocim. Além disso, o dono do transporte marítimo já solicitou várias vezes o Alvará da prefeitura, mas teve todas as solicitações negadas e  sem nenhuma justificativa plausível  desde o governo Monica Aguiar.


A balsa em questão, quando adquirida (comprada) por Walter de Sousa, assim como as demais embarcações, já trabalhava fazendo o transporte no Rio Guriú sem nenhum tipo de impedimento por parte da prefeitura, que inclusive não expedia documento algum. 


 "Não tinha interferência da prefeitura. Há cerca de 20 anos todas  as embarcações funcionavam apenas com autorização da Capitania", lembrou Walter, que deseja mais do que tudo adquirir o alvará. 


Apos inúmeras tentativas em busca do documento, ele resolveu acionar a Justiça para garantir o direito de trabalhar. 


Mais detalhes sobre o caso, amanhã, no Programa Liberdade Noticias, da Liberdade FM 90.3, com Miqueias Santos e André Martins, ao meio dia. 


Carlos Jardel

Nenhum comentário:

Postar um comentário