Prefeita de Camocim: Protagonista ou mera coadjuvante? Prefeita municipal os simples “marionete? - Revista Camocim















sexta-feira, 7 de maio de 2021

Prefeita de Camocim: Protagonista ou mera coadjuvante? Prefeita municipal os simples “marionete?



Estamos a mais de 120 dias do início da atual gestão municipal e eis que surgem várias indagações sobre o momento que vive essa cidade tão bela e acolhedora.


Uma dessas indagações  é: diante da atual situação em que o planeta vive, temos à frente das decisões do destino do município uma mulher que veio para ser protagonista de uma gestão voltada para atender os anseios da sociedade ou temos uma gestora que é mera coadjuvante de um grupo político liderado por uma família que há muito tempo traça seus planos voltados apenas para o bem-estar próprio? 


Em meio ao caos que passamos - por conta da pandemia - podemos ver várias situações em que o governo municipal parece estar omisso  aos inúmeros de  casos e de mortes registrados pela Covid-19 todos os dias em nossa cidade. Prova disso, por exemplo, é o fato de que o hospital polo da cidade não tem sequer uma estrutura adequada para receber pacientes em estado grave de Covid-19, sendo necessária a intervenção judicial para que os filhos desse município possam conseguir uma vaga em Unidades de Terapia Intensivas em outras cidades da região - quando não consegue vaga os pacientes perecem nas filas da UPA ou do hospital dessa família. 


Enquanto isso, pra piorar, a maioria dos vereadores são omissos ao descaso que vive a população, quando em muitos momentos deixam de cobrar ações mais comprometidas  da "gestora coadjuvante”. Dessa forma eles  ficam apenas vendo e ouvindo as solicitações, os gritos  de ajuda e os clamores da Cidade.


São parlamentares que estão apenas guardando lugares e esperando os projetos - feitos pelo "casal protagonista" -  para simplesmente aprová-los sem sequer terem a certeza que tais projetos serão de real benefício para o povo.


Infelizmente a Câmara Municipal, na sua maioria de edis, vive a política do “sim senhor”. Vereadores que lá estão apenas para dar razão aos líderes políticos.


Temos um corpo de secretários municipais que são os “figurantes” dessa “novela” administrativa que vive a cidade de Camocim. Esses também não demonstram interesse em atender, de fato, a população, quando essa vem a público para cobrar seus direitos ou até mesmo para reclamar das coisas que estão erradas.


Temos uma população que sofre por décadas com o descaso dos políticos governantes. Quando o assunto é atender as classes mais vulneráveis, falta a assistência as famílias de nossa cidade. Uma sociedade que clama a atenção desses “atores”, que, na “novela” da administração camocinense tem se mostrado vilões, deixado o município cada vez mais sofrido por conta do descaso.


Prefeita de Camocim: Protagonista ou mera coadjuvante? Prefeita municipal os simples “marionete?


 Rafael Barbosa, 

Radialista. 

     


                     

         


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.