Esgoto do hospital de campanha de Martinópole escorre em via pública - Revista Camocim

quarta-feira, 21 de abril de 2021

Esgoto do hospital de campanha de Martinópole escorre em via pública




O esgoto do hospital de campanha que trata pacientes com Covid-19 em Martinópole escorre em via pública sem nenhuma manifestação de preocupação por parte da Secretaria Municipal da Saúde. Pra melhor dizer: a própria pasta criou o problema.


O hospital - que está sendo chamado de Centro de Atendimento Covid-19 - é o hotel municipal, que teve suas instalações convertidas em leitos e demais departamentos de atendimento, só que sem atender aos padrões de higiene e de cuidados necessários. E a denúncia do esgoto foi feito por moradores, que estão bastante preocupados com a falta de noção do governo municipal, que pode prejudicar ainda mais a população. 


Servidores do hospital - que não terão seus nomes revelados - estão insatisfeitos com a falta de organização e de investimentos no equipamento de saúde. Além disso, o medo de contrair a doença é constante. 


Outra denúncia que chegou ao Revista Camocim diz respeito a um dos motoristas do Centro de  Atendimento, que transita por todo o espaço, muitas vezes até sem a máscara de proteção,de e calção, tendo acesso, inclusive, ao ambiente de testes de pacientes.  Esse motorista seria o mesmo que utilizou um carro da secretaria da saúde para realizar um encontro amoroso em Sobral. 


As informações são do Radialista Miqueias Santos, da Liberdade FM 90.3.


Carlos Jardel


Nenhum comentário:

Postar um comentário