Consignado: Prefeito de Barroquinha mente em rede social - Revista Camocim

sexta-feira, 30 de abril de 2021

Consignado: Prefeito de Barroquinha mente em rede social


O prefeito Jaime Veras, do Município de Barroquinha, mentiu em sua página no Facebook na noite de ontem (29) - foi dormir mentindo - ao afirmar que "durante esses quase 4 meses, em momento algum houve suspensão dos empréstimos" consignados para servidores municipais mediante convênio da prefeitura com o Banco do Brasil. 


Entenda a mentira: 


No dia 26 deste mês, abril, um funcionário da prefeitura tentou fazer o empréstimo mas a opção não estava disponível. Ele (funcionário) buscou esclarecimentos da Agência do Banco do Brasil e foi informado, pelo dito banco, através de atendimento online, que o convênio de número 1067000 (BB/Prefeitura  de Barroquinha) estava INATIVO. 


O atendimento ao servidor da prefeitura foi registrado com o número 21042600125547 o que confirma a veracidade da informação e a mentira do prefeito Jaime Veras.  Confira. 



 


No dia 29, ontem, três dias após a constatação do bloqueio do convênio -  após a prefeitura ter quitado o débito - a Agência do Banco do Brasil, através de oficio, informou ao prefeito que "naquela data (29)" o convênio estava ATIVO.  No entanto o  Banco não sustentou a mentira do chefe do executivo municipal e nem tão pouco negou a situação de "convênio inativo no dia 26 de abril". 


Abaixo, perceba que Jaime Veras tenta colocar afirmações complementares no oficio assinado pelo gerente da agência bancária. 


A mentira de Jaime


A nota do Banco. 






Alfinetada


Taria sido mais honesto da parte do prefeito ter dito que o problema já tinha sido resolvido. Porém resolveu mentir publicamente colocando palavras na boca do gerente do banco. 



Carlos Jardel

Nenhum comentário:

Postar um comentário