Não merece aplausos! - Revista Camocim

















quarta-feira, 31 de março de 2021

Não merece aplausos!

A dor de quem perdeu um parente dentro deste hospital, por negligência, não pode ser compensada com um "negócio" deste tipo. 






A família politica Aguiar, que por mais de meio século comanda o Hospital e Maternidade Deputado Murilo Aguiar, nunca se preocupou em estruturar esse equipamento de saúde com um leito de UTI. Mesmo recebendo cifras milionárias do governo do estado e do governo federal, através do SUS. 


O que é feito com o dinheiro do povo? Ou: o que foi feito com o dinheiro do povo? 


Ontem (30), na reportagem do colega Miqueias Santos, na Rádio Liberdade FM, a Superintendente de Saúde da Região Norte, Dra. Mônica Lima, explicou os motivos pelos quais Camocim não possui um leito de UTI. E ficou claro que não possui por pura falta de vontade do grupo Aguiar.



Segundo relato de populares, até material para se fazer curativos já chegou a faltar nesse hospital. Fora relatos públicos de pessoas que dizem ter perdido seus familiares dentro desse hospital por “negligencia no atendimento”.


Quantas vidas ao longo da história, antes mesmo dessa pandemia de Covid-19, morreram por falta de uma leito de UTI? Quantos vão morrer ainda ? Quantas ainda precisam morrer, Sérgio Aguiar?


 Aí agora, depois de uma ano de pandemia, com mais de 100 camocinenses mortos, e depois da pressão do povo, da matéria esclarecedora do radialista Miqueias Santos, a Direção do hospital resolve informar que irá comprar uma usina de oxigênio. E quer aplausos? 


 Não tem aplausos!, tem reflexão e critica sobre essa criminosa negligência histórica para com o povo de Camocim.


A dor de quem perdeu um parente dentro deste hospital, por negligência, não pode ser compensada com um "negócio" deste tipo. 


Dane-se, a direção dos hospital, que  tem nas costas , além de mortes, um  processo por fraude nas verbas do SUS, inclusive com inquérito concluso da Policia Federal.


Carlos Jardel 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.