Coreaú -Juiz manda prefeito reintegrar mulher grávida exonerada ilegalmente - Revista Camocim

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Coreaú -Juiz manda prefeito reintegrar mulher grávida exonerada ilegalmente



O Juiz de Coreaú, Guido de Freitas Bezerra, concedeu uma Liminar para reintegração de uma das mulheres grávidas do Município de Coreaú, que fora exonerada do serviço público municipal pelo prefeito Edésio no início do ano.


Caso o prefeito não obedeça a decisão do Juiz, irá pagar multa de até R$ 10.000,00 (dez mil reais). Ele tem, agora,  menos de 24h para atender a decisão. 


Outras gestantes 


Como o processo é individual, todas as outras mulheres grávidas que foram injustiçadas pelo prefeito deverão receber o mesmo entendimento jurídico. 


Perseguição 


Em Coreaú as exonerações estão sendo tratadas como perseguição política. 


Carlos Jardel 

Nenhum comentário:

Postar um comentário