TSE define datas de eleições suplementares para prefeito; Pedra Branca começa ‘corrida eleitoral’ - Revista Camocim

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

TSE define datas de eleições suplementares para prefeito; Pedra Branca começa ‘corrida eleitoral’


Região Central: O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definiu um calendário de possíveis datas para a realização de eleições suplementares em 2021. Uma portaria foi baixada pelo órgão e estabeleceu 10 possíveis datas que poderão ser usadas para a realização de novas eleições nas cidades em que o prefeito ainda não foi escolhido.


No Ceará, duas cidades enfrentam esse imbróglio: Pedra Branca e Caridade. Em pedra Branca a corrida por votos, tendo em vista problemas nas últimas eleições, já teve início. O candidato Antônio Góis na última semana, realizou reuniões com seu filho para passar a apresentá-lo como seu possível sucessor nas eleições suplementares que deve acontecer no município. A Justiça Eleitoral não permitiu que Góis assumisse o cargo.


São datas possíveis para a realização de eleições suplementares em 2021: 7 de março, 11 de abril, 2 de maio, 13 de junho, 4 de julho, 1º de agosto, 12 de setembro, 3 de outubro, 7 de novembro e 5 de dezembro.


A realização dos pleitos nessas datas preestabelecidas surge por questões logísticas e pela necessidade de que os sistemas dos TREs e do TSE estejam operantes e alinhados para captação, apuração, transmissão e totalização dos votos em cada localidade.

 

A legislação eleitoral determina que sejam realizadas novas eleições quando o candidato mais votado tiver o seu registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral de forma definitiva. Os candidatos cujos processos de registro de candidatura ainda estavam pendentes de julgamento após as Eleições Municipais de 2020 não foram diplomados nem puderam tomar posse em 1º de janeiro de 2021.


Informações do Revista Central.

Nenhum comentário:

Postar um comentário