Jijoca - Esposa do Secretário da Educação é aprovada em primeiro lugar em seleção pública duvidosa do próprio município - Revista Camocim

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Jijoca - Esposa do Secretário da Educação é aprovada em primeiro lugar em seleção pública duvidosa do próprio município

Edital abriu vagas para apenas 09 professores. Existem escolas no município, por exemplo, que o  são mais de 12 contratados.


A prefeitura de Jijoca de Jericoacoara, através da Secretaria Municipal da Educação, publicou um edital no inicio dom mês deste mês, Janeiro (2021), para a contratação temporária de professores.


O edital é amparado pela Lei municipal n° 618, de 2020 - que precisa ser revista - que estabelece os casos de contratação por tempo determinado.


Até aí, tudo bem. O problema - e que, em em tese, precisa ser fiscalizado pela Câmara de Vereadores - é que o edital abre vagas  apenas para 09 (nove) professores, enquanto que apenas em 1 (uma) escola o número de contratados é bem maior. Confira o edital AQUI.


 Além disso - sob suspeita - o resultado da seleção pública trás aprovado em primeiro lugar, a esposa do secretário da Educação João Vitor Albuquerque, Fabiana Teixeira. 



Não se questiona aqui, necessariamente, os méritos da professora selecionada, mas sim todo o processo seletivo, extremamente contraditório quando se detecta necessidade de mais vagas. Questiona-se também o fator do possível apadrinhamento politico, haja vista o estigma das contratações temporárias servirem apenas aos interesses políticos dos governantes, que pode ser o caso do município de Jijoca de Jericoacoara. 


As seleções públicas, nos últimos tempos, tem sido alvos de intensas investigações do Ministério Público e muitas sentenças judiciais já colocaram muitos prefeitos em situações desconfortáveis em detrimento da correta gestão pública, que assegura constitucionalmente o Concurso Público como o caminho correto para o ingresso de qualquer pessoa na máquina pública.


Se existe a demanda de servidores  - e  existe em Jijoca  de Jericoacoara - é preciso de concurso público! 


Detalhe: Muitos prefeitos realizam concursos públicos não oferecendo as vagas necessárias, para que haja vagas para os contratos ilegais e apadrinhados, que pode ser este o caso da prefeitura de Jijoca. 


A Câmara de Vereadores e o Ministério Público Estadual, através da Promotora de Justiça precisam estar atentas para essa questão.  Vale apena solicitar a folha de servidores contratados na educação e nas demais pastas. 


Alfinetada

Antes que os imbecis de plantão venham murmurar : dane-se! As informações são públicas! Quem não quiser receber a critica, é simples: retire o nome da vida pública! 


Carlos Jardel

Nenhum comentário:

Postar um comentário