Barroquinha - Seguidor do prefeito Jaime Veras sugere agressão física ao Professor Ademar - Revista Camocim















sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

Barroquinha - Seguidor do prefeito Jaime Veras sugere agressão física ao Professor Ademar

Amigos e apoiadores do ex-prefeito consideram "crime de ameaça" o comentário do internauta.   E se o prefeito Jaime viu o comentário e não o excluiu, é porque concorda com o crime!


Motivado pelo comportamento leviano do prefeito de Barroquinha, Jaime Veras, que tenta passar para a população a ideia de que o ex-prefeito Ademar sucateou a prefeitura em seu mandato, um internauta, no Facebook, identificado com o nome de João Batista, postou um comentário sobre o vídeo do prefeito Jaime AQUI insuflando agressão física contra o ex-gestor, o Professor  Ademar.


"Se eu fosse o sucessor do ex-prefeito (Jaime Veras), já que ele (Ademar) fala em entrevista que deixou no cofre da prefeitura de Barroquinha 06 milhões e mais um pouco, eu não esperava por justiça, eu arrumava 06 cabras bom, pegava ele ( o professor Ademar), e ele teria que mostrar qual foi o cofre que ele deixou esse dinheiro". Postou o individuo.


Ele ainda acusou de roubo, sem provas, obviamente, o ex-prefeito Ademar: "Tu fez foi um raspa (roubo) na prefeitura, descarado". Disse.

Amigos e aliados do ex-prefeito Ademar estão considerando "crime de ameaça" o comentário feito pelo seguidor politico do prefeito Jaime Veras.


O caso pode resultar em denúncia na Delegacia Regional de Policia Civil mediante um Boletim de Ocorrência ou um Termo Circunstanciado de ocorrência - TCO em que o acusado poderá responder na Justiça pelo crime. 


ISSO NÃO É  LIBERDADE DE PENSAMENTO E NEM DE EXPRESSÃO. É CRIME! 

É lamentável e repudiante o fato de que ainda tenhamos que testemunhar comportamentos de natureza primitiva e coronelista no seio de uma sociedade que vive tendo aperfeiçoar seu estado democrático.

O infeliz comentário não pode ser confundido com "liberdade de pensamento e de expressão", pois trata-se de um crime e precisa ser combatido com os rigores da lei, porque atenta contra a ordem, contra a justiça e insufla as pessoas a atentarem contra a integridade física de outras.

Quanto ao prefeito Jaime Veras, cujo vídeo leviano provocou essa reação criminosa, já deveria ter excluído o comentário de sua postagem e advertido, através de uma "notinha", o autor do postagem. Pois é isso que se espera de um figura pública que preza pelo debate politico honesto e pela critica cidadã, elemento fundamental de democracia. 

Se o prefeito viu o comentário e não o excluiu, é porque concorda com o crime! pelo menos até o fechamento dessa matéria estava lá AQUI

Carlos Jardel 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.