Não espere! 24 horas pra dar queixa - Revista Camocim

sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Não espere! 24 horas pra dar queixa

Você sabia que a denúncia sobre desaparecimento de pessoas deve ser feita imediatamente? A família de uma pessoa desaparecida, seja ela criança, adolescente ou adulto, não precisa aguardar 24 horas para registrar o Boletim de Ocorrência.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, essa recomendação não existe e atrapalha o trabalho da polícia. A providência da polícia deve ser imediata, e o desaparecimento pode ser comunicado pela Delegacia Eletrônica, através das viaturas da Polícia Militar, pelo 190 ou pessoalmente nas delegacias de polícia.

Uma das principais atividades da 4ª Delegacia de Pessoas Desaparecidas do Estado de São Paulo, do DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa) é a busca por crianças e adolescentes desaparecidos.

Para a Polícia Civil, o diálogo é fundamental para evitar situações angustiantes para os pais. Por isso, orientar a criança a procurar um profissional da segurança, como policiais, vigias ou seguranças é fundamental.

Outra dica importante é tirar o RG da criança assim que ela completar dois anos de idade. Isso garante que as autoridades tenham o registro e informações nos bancos de dados e ajuda na localização ou identificação.

Informações de Zenilson Coelho Advocacia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário