DURANTE ENTREVISTA, RICARDO DIZ QUE SEU NOME É "POSSIBILIDADE PARA O PROGRESSO DE CAMOCIM" - Revista Camocim

Clique na imagem para enviar o seu curriculum

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 2 de setembro de 2015

DURANTE ENTREVISTA, RICARDO DIZ QUE SEU NOME É "POSSIBILIDADE PARA O PROGRESSO DE CAMOCIM"

Hoje durante o programa Grande Jornal da 98, da FM Pinto Martins, o líder da bancada de oposição na Câmara, o Vereador Ricardo Vasconcelos do PP, falando de sua pré-candidatura a prefeito de Camocim, nas eleições de 2016, disse que ver seu nome como uma possibilidade de progresso para Camocim. Ricardo, que está há 15 anos na vida pública como vereador, destacou que sempre foi fiel ao grupo politico que pertence (antes fundo mole, hoje familia 11), "nunca mudando de lado", sempre trabalhando conforme as decisões do grupo e  visando acabar com a oligarquia existente em Camocim. 

O vereador criticou a gestão da prefeita Monica principalmente na área do turismo, citando a destruição da Avenida Beira Mar, "escura, esburacada" e  com uma obra de reforma que vem se arrastando há tempos. Na mesma linha ele também criticou  a reforma da Rodoviária classificando-a como "pé-de-chinelo" . Sobre as promessas de campanha da prefeita Monica, Ricardo disse que "se tivesse feito um manual da promessa e não tivesse cumprido nada, nunca mais pisava os pés em Camocim e não teria coragem de ir na casa dos eleitores pedir votos. Neste sentido, o líder da oposição disse que a gestão do ex-prefeito Chico Vaulino foi "mil vezes melhor".

Sobre o desenvolvimento da cidade, Ricardo disse que  "Camocim não precisa de uma pessoa boazinha, apenas, mas precisa de uma pessoa que "queira e que tenha coragem de trabalhar". 

Em instante publicaremos vídeo completo da entrevista.

Carlos Jardel