HOJE CAMOCIM FICOU MUDO - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quinta-feira, 6 de agosto de 2015

HOJE CAMOCIM FICOU MUDO

Segue o comentário do Advogado Marcos Coelho sobre o crime que vitimou com a morte o Radialista Gleydson.

"Hoje, Camocim ficou mudo; hoje, a Liberdade de Imprensa se fez calar; hoje, a Cidadania perdeu sua força; hoje, a Democracia foi mortalmente atingida.

Quando se tentar solucionar conflitos, nos tempos de hoje, a moda "faroeste", todos nós perdemos e não apenas quem morre!

O encomendado assassinato do Radialista Gleydson Carvalho O Amigão, é uma ação criminosa contra a sociedade inteira.

Ao silenciarmos sobre sua prematura morte e nos acomodarmos na busca urgente da responsabilização dos autores e dos mandantes, estamos compactuando com banalização do sagrado direito a vida; que somente a Deus pertence tirar.

Registro minha mais profunda indignação como cidadão Camocinense, como advogado que fui deste combativo jornalista, como ex-vice-prefeito deste Município, que nunca em sua história, desde de sua emancipação, em 1879, registrou fato semelhante.

Necessário se faz uma investigação competente, da Polícia Militar e Civil, e a consequente prisão dos responsáveis materiais e intelectuais deste gesto covarde e que mancha fortemente a imagem pacata desta Cidade.

E a família? o que dizer a sua esposa e as suas filhas...Falta-me, palavras...mas que Deus sábio que é, oferte o conforto à elas!


Carlos Jardel