POSTO DE SAÚDE DA PRAIA COM ATENDIMENTO PRECÁRIO - Revista Camocim

Clique na imagem para enviar o seu curriculum

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quinta-feira, 2 de julho de 2015

POSTO DE SAÚDE DA PRAIA COM ATENDIMENTO PRECÁRIO

Na unidade Básica de Saúde José Farias, (posto de saúde da praia)  a médica que atende no Posto está de férias e não tem nenhum substituto, o que tem deixado a população daquela imensa região sem assistência médica.


Hoje por exemplo, que é dia de atendimento de pacientes hipertensos e diabéticos, o atendimento foi reduzido. O que chega a ser um absurdo, considerando a demanda existente.

A sala de vacinação, apesar de ser uma necessidade, não possui ar condicionado. E o curioso de tudo isso é que, jogado no chão do posto, existem uns 4 (quatro) aparelhos que ainda estão nas caixas, nunca foram instalados (foto ao lado).

A outra reclamação é da falta constante de água, que dificulta até mesmo a higienização de alguns materiais no ambulatório. 

E como se isso não bastasse, várias pessoas tem reclamado do atendimento "áspero" de um enfermeira.

No dia 24 de abril deste ano (2015), noticiamos que haviam sido colocadas correntes na entrada do referido posto de saúde, deixando idosas constrangidas e na chuva, aguardando horário de atendimento (relembre AQUI).

Não é a primeira vez que relatamos a precariedade do sistema de saúde em Camocim que, visivelmente, declinou na gestão Aguiar. As reclamações da população transbordam nos vários meios de comunicação.

Promessa

Uma das muitas  promessa de campanha da prefeita  era de "aumentar o número de postos de saúde e equipar os já existentes, oferecendo condições reais de atendimento". 

Carlos Jardel