CLIMA TENSO ENTRE SECRETÁRIA E EX-SERVIDOR DA CULTURA - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




sexta-feira, 3 de julho de 2015

CLIMA TENSO ENTRE SECRETÁRIA E EX-SERVIDOR DA CULTURA

No Facebook, ex-servidor acusa Ana Maria de não cumprir acordo. Ela pede para ele "não ir com muita sede ao pote".


A Secretária Ana Maria respondeu ao comentário de um ex-servidor municipal, Ray Fontenele, que também é agente da cultura local, organizador de uma quadrilha Junina. Ele atuou na Pasta da Cultura durante dois anos e meio na gestão da prefeita Monica Aguiar. Na postagem que gerou a polêmica, Ray questiona se Camocim vai continuar "acreditando em promessas falidas, nesse retrocesso". Segue abaixo o comentário na íntegra:

 "Todos aqueles, cuja alma é sufocada pela soberba e a arrogância, sempre estão fazendo se identificar também pela falta de caráter, um dos mais baixos sentimentos, essas pessoas forçadas, burgueses, lixo da sociedade, políticos(risos) RICOS FILHOS DA PULGA " ainda passam de bons samaritanos, educados, aculturados e de boa família. Meu nojo a vocês, jajá estão todos de porta em porta, com o sorriso largo de orelha a orelha.  Mas será que esse Camocim vai continuar nessa de acreditar em promessas falidas, nesse retrocesso?

A Secretária reagiu perguntando se o ex-servidor teria mudado de opinião e pediu para que o mesmo não levasse a vida tão a sério.

A resposta do ex-servidor  foi redigida em letras maiúsculas: "se arrependimento matasse eu não estaria falando contigo agora. mas em fim, mudei sim de opinião, graças a esta politica fracassada de vocês", disse

A gestora da Cultura  insistiu na conversa virtual que ficou tensa ao ponto dela sugerir que Ray fosse "só no sapatinho" e sem "muita sede ao pote"

"É tão fracassada que te dar o direito de pegar as benévolas públicas com fotos das artes de outros, se eu fosse você ia só no sapatinho. Fui conivente sim, mas se precisar faço como a poesia , do laço desfaço a trança deste teu emaranhado de fitas , não vá com muita sede ao pote afinal ele e de BARRO". Postou Ana Maria.

Revidando ao comentário Ray disse que teve o direito pois Ana Maria não cumpriu o acordo e que ela podia "rasgar" mas alertou para ela tomar cuidado com os respingos.

"Me deu o direito quando fechei acordo, com você, acordo esse que não foi comprido. mas pode rasgar, não vai me trincar em nada. mas cuidado com os respingos pra uma pessoa que se diz pública e amante da cultura ta se mostrando o inverso minha cara", disse Ray finalizando a discussão. 



Carlos Jardel