O QUE ACONTECE QUANDO NÃO SE APRENDE COM O ERRO? - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 24 de junho de 2015

O QUE ACONTECE QUANDO NÃO SE APRENDE COM O ERRO?


A opinião abaixo é de um dos nossos leitores, que preferiu se identificar com as iniciar VJ.

Tenho absoluta certeza que muitos cidadãos camocinenses pensaram, ainda que minimamente, que a Oligarquia Aguiar, atualmente comandada de perto pelo Deputado Sérgio Aguiar, teria aprendido a lição de governar pra o bem do povo, depois de amargarem duas duras derrotas eleitorais pra um comprador de sucata, na busca pelo poder em Camocim. Mas, parece que a consciência, minúscula e intransigente, não mudou. 

Sérgio, quando prefeito, aprontou feito moleque, fazendo da prefeitura seu brinquedo, deixando a população esquecida, e bancando a rotina do município com muitas festas. E só festas. Atrasou salários. A cidade virou selva, não só de briga, como também de mato. Lixo por todo lado. Contas básicas do município, como a de telefone, por exemplo, atrasadas. Enfim, ele deu uma verdadeira aula de irresponsabilidade e ingerência. Resultado: perdeu a prefeitura duas vezes, e de maneira vergonhosa, diga-se de passagem. 

A Oligarquia, com a hipocrisia de sempre, à época, insistia em tentar passar a impressão de que o então adversário era analfabeto e burro. Pensemos, então: É burro um comprador de sucata que chega a ser prefeito, ou um engravatado nascido em berço de ouro que consegue a proeza de perder a prefeitura pra um sucateiro ?

Com muito “esforço”, a oligarquia volta ao poder. Aprenderam então a lição? Veja você mesmo e responda. Voltou o atraso de salários. As festas monstruosas bancadas com dinheiro público também voltaram. Esporte acabado, ruas esburacadas, saúde precária, Educação maquiada, concurso cancelado, matadouro - que era criticado anteriormente - também não foi efetivado. Lagoas, quando chove, tem por todo lado. Mato e lixo, ta “pripinado” (lembra da música da campanha deles ?). Ginásio abandonado. Funcionários humilhados. Asfaltos parecem mais fita isolante. Píer marítimo, só na placa, porque na prática mesmo, nem a sombra. Comércio, estagnado, praça da copa, só no papo. Zona rural Esquecida, remédio na farmácia do município nem no choro. As filas, ainda não acabaram. UPA, só zuada. Centro de Atenção a Mulher, ninguém viu. Mercado de dois andares, só conversa. Universidades ? O jovem ainda procura fora, por aqui, só em sonho. Aterro sanitário e programa de reciclagem, só na lauda. Turismo, acabaram de matar. Aah .. e o Estaleiro ? Vamos rir. Só sendo piada mesmo. Seria cômico, se não fosse trágico.

Aos babões de plantão, que certamente acharão tudo isso descrito acima uma mentira, peço encarecidamente que se destinem ao manual da promessa, registrado inclusive em cartório. Lá vocês encontrarão a triste angústia da real enganação. E olha que a oligarquia ainda tem e mantém imprensa própria, pra babá-los até debaixo d’água. As obras inacabadas, que se arrastam, certamente serão evidenciadas quando se aproximar a campanha eleitoral. Será mais uma enganação. Isso tudo, prometido com a lábia de se ter a efetivação de parcerias políticas e administrativas. De fato, há tal parceria: A oligarquia “trabalhadora” conta hoje com o ferrenho apoio do Governo Estadual, com Senador, Deputados e Presidência da República. Sem falar da “amiga” Câmara de Vereadores, com maioria absoluta. E então? Porque será que, mesmo com todo esse aparato político, a oligarquia Aguiar não cumpre as promessas em Camocim ? Porque o progresso não chega? A resposta, eu sei que você sabe. 

Perceba que não há aqui, o pedido pra votar na indicação do dito ex-prefeito. O que há aqui é a real necessidade de abrir os olhos de uma vez por todas. Não se faça de cego. Uma surra de verdade é melhor que um abraço de mentira. A pergunta do título deste texto, certamente será respondida pelo próprio povo, à medida que se aproxima 2016. Eles sabem, camarão que dorme a onda leva, assim como também sabem, que quem com ferro fere, com ferro será ferido.

Forte abraço !

VJ.