MATÉRIA DO FANTÁSTICO SOBRE SUPERFATURAMENTO NA COMPRA DE FRANGO É BEM PARECIDO COM O CASO DE CAMOCIM - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 30 de junho de 2015

MATÉRIA DO FANTÁSTICO SOBRE SUPERFATURAMENTO NA COMPRA DE FRANGO É BEM PARECIDO COM O CASO DE CAMOCIM

Segue trecho da matéria exibida domingo, dia 28, no Fantástico, no quadro "onde está o dinheiro que estava aqui. Mais abaixo, a semelhança com os casos ocorridos em Camocim.

"Quanto vale um quilo de frango? Coxa e sobrecoxa, por exemplo, para a merenda escolar? Em uma grande cidade mineira, o preço pode variar muito. E o que custa cerca de R$ 4 nos mercados, saiu por mais de R$ 11 para os cofres públicos.

O Repórter Secreto foi até lá para saber: cadê o frango, ou melhor: cadê o dinheiro que tava aqui?

Na cidade Uberlândia, Minas Gerais, o vereador Wilson Pinheiro, do PTN, na tribuna da câmara, chamou de ladrão o prefeito Gilmar Machado, do PT, e a bancada que apoia o prefeito. “Vocês estão roubando! Quem defende ladrão, ladrão é! Vocês fazem parte dessa quadrilha. Se eu fico nervoso é porque eu não aguento ver tanto bandido reunido”, disse o vereador.

O vídeo foi parar na internet e o discurso de Wilson ficou conhecido em todo o Brasil. E contra o que ele protesta? Wilson afirma que a prefeitura desviou dinheiro público na compra de merenda escolar.

“A prefeitura comprou coxa e sobrecoxa, 25 mil quilos a R$ 11,30, 25 mil quilos de coxa. Arredondar: vocês estão pagando R$ 12 a coxa e sobrecoxa”, disse o vereador no plenário da Câmara.

E olha que, no calor do discurso, o vereador até se confundiu. Porque a investigação mostra que o buraco é mais embaixo. No contrato citado pelo vereador, o quilo sai a R$ 9,48. Um pouco mais barato, mas ainda acima do mercado.

Os R$ 11,30 por quilo são o valor cobrado em um contrato muito maior, de 101 toneladas de coxa e sobrecoxa. O vereador botou o frango na mesa. E soltou os cachorros. “Porque vocês estão roubando, muito. Algema. Ladrões”, afirmou o vereador". 


Relembre os casos semelhantes ocorridos em Camocim:

Em junho de 2013, quando um quilo de frango custava no mercado em torno de 04 reais, a prefeitura pagou o dobro para a empresa Sandra Pio Ceccarelli-ME, R$ 10,20 (Dez reais e vinte centavos). Denunciamos o caso no Revista Camocim, relembre  AQUI . Os vereadores da oposição também chegaram a denunciar o caso junto Ministério Público  AQUI , mas, até a data de hoje, nada foi esclarecido.  

Os vereadores também denunciaram o valor pago na lavagens de 04 veículos da Secretaria de Saúde,  R$ 410,00 (quatrocentos e dez reais),  ficando o valor unitário em torno de R$102,50 (cento e dois reais e cinquenta centavos). O valor normalmente cobrado por este serviço é de apenas R$ 20,00 (vinte reais). 

Foram denunciados também a suspeita de superfaturamento no biscoito crem crak, marca 'duchico', comprada pela prefeitura ao perço de R$7,00 (sete reais) a unidade, quando no comércio local o biscoito 'crem crak' da marca  fortaleza, uma das melhores marcas do mercado nacional, estava custando apenas R$ 2,95 (dois reais e noventa e cinco centavos) .

Já no ano passado, 2104, de acordo com o portal da transparência do TCM,  AQUI a prefeitura de Camocim, através da Secretaria Municipal de Educação,  pagou um valor absurdo pelo quilo do filé de peixe tibira  R$21,00 (vinte e um reais). Sendo que, no comércio local, o preço varia  em torno de R$10,00 (dez reais)  a R$12,00 (doze reais).

Carlos Jardel