DILMA ROUSSEF É A 3° MULHER MAIS PODEROSA DO MUNDO - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 11 de novembro de 2014

DILMA ROUSSEF É A 3° MULHER MAIS PODEROSA DO MUNDO

A presidente ocupou a mesma posição do ano passado no ranking elaborado pela revista 'Forbes'. À sua frente, estão Angela Merkel (1ª) e Hillary Clinton (2ª) 

A presidente Dilma Rousseff foi listada pela revista americana Forbes como a terceira mulher mais poderosa do mundo. A brasileira ocupou o mesmo posto no ranking realizado no ano passado. Em 2012, ela foi mencionada pela forma como lidera o Brasil e pelos índices de aprovação dentro do país. 

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, continuou comandando a lista nesta edição, que ainda classificou empresárias e personalidades da mídia. A Forbes destacou a firmeza da alemã para preservar a União Europeia (UE) e sua influência sobre a crise da dívida da zona do euro. 

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, também repetiu o posto alcançado em 2011, ficando logo acima de Dilma, em segundo lugar. Ela foi reconhecida pela forma como lidou com diversas crises ao longo do último ano. Já a primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, que havia liderado a lista em 2010, desta vez ficou com a sétima posição. 

Segmento - A Forbes elencou mulheres envolvidas na política, entretenimento, tecnologia e organizações sem fins lucrativos, entre outros campos, de acordo com sua influência, quantidade de dinheiro que controlam ou ganham, além de sua presença na mídia. A presidente da editora Forbes Woman, Moira Forbes, explicou que "essas poderosas mulheres exercem influência de formas muito diferentes, para fins diversos, e todas possuem (um nível de) impacto muito diferente sobre a comunidade global". 

A média de idade das 100 mulheres mais poderosas do mundo deste ano, segundo a revista, é de 55 anos. Somadas, elas têm 90 milhões de seguidores no Twitter, destacou a publicação.

Veja