ÚLTIMOS CORPOS SÃO ENTERRADOS EM SANTA MARIA - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 29 de janeiro de 2013

ÚLTIMOS CORPOS SÃO ENTERRADOS EM SANTA MARIA

Parentes e amigos de vítimas do incêndio na Boate Kiss acompanham enterro no Cemitério Ecumênico Municipal durante todo o dia de ontem. Os sepultamentos aconteciam a cada 30 minutos FOTO: AGÊNCIA BRASIL 

Após 24 horas, o velório coletivo das vítimas do incêndio na boate Kiss terminou no Centro Desportivo Municipal de Santa Maria. As covas foram cavadas por cerca de 150 soldados do Exército ainda antes de o sol nascer.
Depois de uma madrugada velando os corpos das vítimas, familiares tiveram que aguardar para enterrar seus mortos. Os cemitérios organizaram enterros de 30 em 30 minutos e tiveram que escalar funcionários de férias e até voluntários para ajudar na tarefa de conseguir atender as famílias. Até o meio da tarde de ontem, 95 pessoas já haviam sido enterradas. Outras vítimas foram veladas e enterradas em outras cidades gaúchas e em outros Estados.
Já passavam das 15 horas quando a família das irmãs Patrícia e Greici Bairro, de 30 e 18 anos, mortas no incêndio, conseguiu realizar o enterro no Cemitério Nova Santa Rita. As duas estavam na boate acompanhadas de Vancercok Marques Lara Júnior, marido de Patrícia, e de Hélio Trentin Júnior, namorado de Greici. Os quatro morreram na tragédia.
Os pais das jovens, que moram na cidade de Manoel Viana, a cerca de 200 quilômetros de Santa Maria, chegaram na tarde de domingo na esperança de encontrarem as filhas com vida.
"Ele (pai) encontrou o corpo de Patrícia e do Júnior juntos, a Greici estava um pouco mais longe. Não sei como ele aguentou", disse o primo das vítimas Norberto Tatsch Bairro, que chegou na manhã de ontem em Santa Maria, depois de passar a noite no velório de outras vítimas da tragédia em Manoel Viana. Leia mais  AQUI

Matéria publicada no Diário do Nordeste 

Carlos Jardel