Emanoel se posiciona contra o decreto do Governador e sugere que comissões reúnam setores do comércio e turismo para apresentarem contraproposta - Revista Camocim

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Emanoel se posiciona contra o decreto do Governador e sugere que comissões reúnam setores do comércio e turismo para apresentarem contraproposta

 O vereador disse que deve haver meio termo, ou atendimento até às 20h "vai quebrar" muitos estabelecimentos. 


Na Sessão Ordinária da Câmara  de vereadores, realizada na última desta sexta, 05, o vereador Emanoel Vieira (PDT) usou a Tribuna da Câmara para discursar contra os últimos decretos estaduais do Governador Camilo Santana - ele já chegou a estigmatizar Camilo de "ditador" -. E durante seu pronunciamento, afirmou que o setor de entretenimento e turismo tem sido prejudicado pelas restrições do Estado. 


Nas redes sociais ele completou: "a luta pela saúde não pode e não deve parar, mas como temos defendido desde o começo, os cuidados com a saúde e a preservação dos empregos podem andar juntos na luta contra a pandemia".


Ele sugeriu uma reunião das comissões  da Câmara -  Saúde, Defesa do Consumidor e Comercio , Indústria e Turismo  - com a Promotoria de Justiça , a Procuradoria Geral do Município, CDL,  Associação Comercial  e com representantes de bares e restaurante de Camocim, para discussão e apresentação de uma contraproposta aos decretos estaduais que limitam o funcionamento de estabelecimentos até às 20h. 



Para o vereador, uma das medidas seria liberar o atendimento até às 00h através do serviço delivery até às 00h.  Vieira acredita que deve existir  "meio termo para atender o setor turístico da cidade" e evitar que muitos estabelecimentos "quebrem" durante a pandemia.


Carlos Jardel 

Nenhum comentário: