Bel Júnior diz que não pode pagar servidores concursados mas vai contrair divida com empréstimo bancário - Revista Camocim

sábado, 6 de fevereiro de 2021

Bel Júnior diz que não pode pagar servidores concursados mas vai contrair divida com empréstimo bancário

Empréstimo foi autorizado pelos vereadores aliados do prefeito. 



O Prefeito de Senador Sá, Bel Júnior, agora resolveu colocar definitivamente os pés pelas mãos com mais uma medida que tem sido avaliada de forma drástica pela população, porque atenta contra o erário público municipal, deixando a máquina pública endividada. Entenda:  . 


O chefe do poder executivo, enviou um Projeto de Lei para a Câmara de Vereadores, pedindo autorização para o município contrair um divida, através de empréstimo bancário, na Caixa Econômica Federal,  no valor  de R$900 mil reais. 


A questão, é que a divida cairá nos ombros da população, que já vem sofrendo com um verdadeiro descaso sem precedentes na história do município, onde falta, por exemplo, TUDO na Saúde. E agora terá que pagar um financiamento corrigido monetariamente com os devidos juros, devendo elevar a divida pública aos valores mais imagináveis  que se possa ter. 


A outra questão é que o projeto foi enviado aos vereadores pelo prefeito em "caráter urgente, urgentíssimo". Ou seja, de última hora, sem tempo hábil para a discussão honesta entre os parlamentares e pior ainda com a população. Foi mais um projeto sem explicação e, por tanto, sem razão para tal aprovação. 



Alfinetada


O prefeito Bel Júnior vem se aproveitando do apoio imoral da ampla maioria dos vereadores para empurrar goela abaixo seu pacote de leis absurdas. 


É revoltante detectar que o Município não pode pagar 48 Concursados, aprovados e efetivados , não pode pagar gratificação de 40% aprovada na gestão passada, valorizando os profissionais da saúde que lidam todos os dias com a população, mas pode pagar parcelas de empréstimos e juros com valores incalculáveis!? 


Já está passando da hora do Ministério Público intervir em prol da  população, que tem considerada criminosa a atuação do novo gestor do município de Senador Sá, quem tem efetivado seu pacote de maldades com apoio da maioria dos vereadores da bancada de situação. 


Em tempo 1 

A Lei foi aprovada pelos Vereadores Marionetes do Prefeito. 


Em tempo II -

Não aprovaram a Lei: os vereadores Gore Gore , Zilma e Daniele. 


Nenhum comentário: