Vítima de acidente fatal em Acaraú decidiu viajar horas antes para acompanhar o filho em consulta - Revista Camocim

Polo Camocim: Santos Dumont, 220,Centro - Contato: (88) 9 9312 4283

Polo Camocim: Santos Dumont, 220,Centro - Contato: (88) 9 9312 4283

sábado, 28 de novembro de 2020

Vítima de acidente fatal em Acaraú decidiu viajar horas antes para acompanhar o filho em consulta

Uma das quatro vítimas da colisão entre um carro e um caminhão, em Acaraú, na tarde de ontem (26), Jonia do Nascimento, de 44 anos, resolveu viajar poucas horas antes para acompanhar o filho, Luís David do Nascimento, de 11 anos, que também morreu no acidente, em uma consulta médica, em Fortaleza. O pai da criança, identificado como Francisco Márcio Andrer Pereira, faria o trajeto no lugar da esposa, mas foi substituído. 

A troca de acompanhantes dificultou, inicialmente, a identificação dos corpos, que ficaram carbonizados após a colisão, já que o pai estava na lista inicial dos passageiros, cadastrados na Secretaria de Trabalho e Assistência Social de Jijoca de Jericoacoara. Mãe e filho moravam na Vila de Jericoacoara.  

A Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara disponibilizou o veículo para o transporte de outros dois pacientes, que também se consultariam na capital cearense: Eunice Araújo Teixeira, de 58 anos, morta no acidente, moradora da Jijoca e Francisco das Chagas Barros da Silva, que sobreviveu e está internado na Santa Casa de Sobral e reside do distrito Mangue Seco, no mesmo Município.  

 A outra vítima que morreu na colisão foi o próprio motorista do veículo, Carlos Renne dos Santos Morais, de 28 anos, que também morava na sede de Jijoca de Jericoacoara.

Informações do Diário do Nordeste.

Nenhum comentário: