sexta-feira, 7 de agosto de 2020

"Vamos tocar a vida", diz Bolsonaro ao comentar marca de 100 mil mortos por coronavírus no Brasil

 “Lamentamos as mortes, mas vamos tocar a vida”, disse o presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), sobre o fato de o Brasil se aproximar da marca de 100 mil mortos por coronavírus. O vírus já tirou a vida de 98.493 brasileiros. Declarações foram feitas em transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta quinta-feira, 6.

"A gente lamenta todas as mortes, já está chegando ao número 100 mil, talvez hoje. Vamos tocar a vida. Tocar a vida e buscar uma maneira de se safar desse problema", declarou.  Ele falou ao lado do ministro da Saúde, o militar Eduardo Pazuello. No vídeo, com cerca de 55 minutos de duração, o presidente frisa que ao lado de seus ministros estão atuando com total eficiência no combate ao vírus no País.

Um dos temas principais foi a defesa da hidroxicloroquina. Apesar da ausência de comprovação científica da eficácia no tratamento da Covid-19, Bolsonaro argumentou que o medicamento está salvando vidas e criticou aqueles que não incentivavam o seu uso. Ele, que já foi infectado pelo novo coronavírus, assim como seus demais ministros e membros do governos, estão tomando o remédio para se tratar ou se prevenir da doença.

Informações do Jornal O Povo.

Nenhum comentário: