segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Alunos e instituições preparam retorno às atividades presenciais no Ceará


Os alunos do ensino infantil da rede particular ou matriculados em atividades extracurriculares, como cursos de idiomas, artes ou de informática, além dos participantes de estágios, voltam às atividades presenciais a partir de amanhã (1º).

Esse retorno está previsto no decreto estadual número 33.730, publicado no último sábado (29), válido para a Capital, Região Metropolitana e municípios vizinhos que formam a região de saúde de Fortaleza, cinco meses após a suspensão das aulas presenciais em decorrência da pandemia.

Com isso, além do material escolar já conhecido, os estudantes devem conviver com o uso de máscaras, álcool em gel, aferição da temperatura na entrada das unidades de ensino, distanciamento das cadeiras e redução na quantidade de membros por turma.

As salas de aulas que recebem crianças no ensino regular podem funcionar com até 30% da capacidade neste período. Ainda não foi definido quando os estudantes de escolas públicas retomam as aulas.

Já as atividades extracurriculares podem voltar em sua integralidade. No ensino superior, apenas as aulas práticas e os estágios foram liberados completamente.

Serviços de apoio à educação, como transporte escolar, aplicação de testes vocacionais e avaliações educacionais também podem ser retomados com 100% de sua capacidade. As cantinas ficam de fora dessa lista e, portanto, seguem fechadas. No entanto, as bibliotecas e os arquivos estão livres para funcionar com até 35% da capacidade de usuários.

O Estado deve manter comunicação com as empresas privadas de transporte escolar para acompanhar o cumprimento das normas e notificar casos suspeitos e confirmados dos usuários. O novo decreto traz a necessidade de orientação aos profissionais e alunos quanto às recomendações de prevenção no transporte residência-instituição.

Informações do Diário do Nordeste.

Nenhum comentário: