Marcos Coelho pede afastamento da prefeita Monica por omissão no enfrentamento do Covid-19 - Revista Camocim

terça-feira, 28 de abril de 2020

Marcos Coelho pede afastamento da prefeita Monica por omissão no enfrentamento do Covid-19

O vereador Marcos Coelho (PSDB)  solicitou ao  Promotor de Justiça de Camocim, Dr. Evânio Matos, que requeira na Justiça, o afastamento imediato da prefeita Monica Aguiar, embasado nas omissões gravíssimas da gestora do Município de Camocim no enfrentamento às causas e aos efeitos sanitários, econômicos e sociais do coronavírus.

No fina de Março, o vereador protocolou representação contra Monica Aguiar na Promotoria e na Câmara destacando 07 (sete) pontos AQUI.

Para se ter ideia, ao ser questionada  sobre as ações de segurança alimentar aos que precisam de socorro imediato, considerando que há milhares de pessoas sem qualquer alimento e produtos básicos, a prefeita informou que estava realizando um pregão presencial para compra dos alimentos e que só poderia distribuir - Deus sabe quando - após uma análise de vulnerabilidade das famílias que ocorrerá com a conclusão de relatórios sociais.

Na tréplica, o vereador Marcos Coelho disse que a prefeita "simples e vergonhosamente, confessa que nada fez... E milhares de cidadãos e cidadãs de Camocim já estão há mais de um (01) mês em situação de flagrantes vulnerabilidade". 

"A resposta da Prefeita, à nossa Representação na Promotoria, relativa às suas omissões no enfrentamento às causas e aos efeitos sanitários, econômicos e sociais do coronavírus, é a mistura do nada com coisa nenhuma", ressaltou o vereador. 

"Solicitamos, então, ao Promotor que requeira, na Justiça, o afastamento imediato da senhora Monica Aguiar da função pública de Prefeita, considerando sua irresponsabilidade e sua incompetência, neste momento de crise", concluiu Marcos Coelho.

O Revista Camocim teve acesso a tréplica do vereador Marcos Coelho contrapondo as justificativas da prefeita Monica. Leia abaixo e entenda.


Nenhum comentário: