quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Casa Loteria de Granja teria fechado as portas por não pagar divida com a Caixa Econômica Federal

A Casa Loteria de Granja fechou as portas após a Caixa Econômica Federal reincidir o contrato por falta de pagamento da lotérica, num valor calculado em milhões, conforme informações obtidas oelo blog.

A informação é de que a Lotérica, de propriedade de familiares do vereador Deoclécio, não estaria estava honrando com os valores financeiros contratuais com o Banco Federal.

Alfinetada

Quem se lasca com isso são os granjenses apostadores da loteria, que ficam impedidos de apostar e concorre ao prêmio da Mega Sena, acumulado em R$200 milhões de reais.


É de conhecimento público que tramita na 1ª Vara da Comarca de Granja uma execução fiscal (processo n. 0002217-61.2019.8.06.0081) contra uma das empresas que pertencem a família do Vereador Deoclécio, tendo, inclusive, a mencionada firma já figurado no nome dele. Atualmente a empresa está no nome de sua esposa e de seu filho. 

Essa empresa deve aos cofres públicos de Granja quase R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais), e simplesmente permanecem inadimplentes, desconsiderando a execução em andamento.

Mais informações em breve

Carlos Jardel

Nenhum comentário: