terça-feira, 11 de junho de 2019

Prefeita Monica 'quebrou' o NAEC e a Banda Lira.

A situação do Núcleo de Arte Educação e Cultura - NAEC e da famosa Banda Lira é de falência múltipla de seus órgãos!  Existe, mas não funciona.  No NAEC, por exemplo, não existe sequer uma corda para violão e nem mesmo um par de baquetas, além de uma "ruma" de instrumentos precisando serem substituídos e outros consertados. E tudo isso sem falar na estrutura física , que há bastante tempo não passa por uma reforma. Prova disso são as grades que cercam o prédio; amarradas com barbantes para não desabar.

A situação da Banda Lira também é de partir o coração. Veja só: de 33 (trinta e três) instrumentistas, a prefeitura mantém apenas 12 (doze) - que são os concursados -  número insuficiente para uma apresentação digna do nome, da grandeza e da história que tem a Lira em Camocim e na região.  No que diz respeito aos instrumentos, a situação é a mesma do NAEC; de pura pobreza.  

Mas quem pensa que a situação não pode estar pior, engana-se! A prefeitura está devendo para músicos da banda R$ 7.000 (sete mil reais) referente aos carnavais dos anos 2018 e 2019. Isso mesmo!, a prefeita Monica contratou uma fanfara, formada com instrumentistas da Banda Lira e, até  a data de hoje,  de acordo com a informação que o blog obteve, não pagou os pais de famílias. 

A senhora prefeita não valoriza a arte e muito menos os artistas. Quem não lembra dos tempos bons do NAEC, em que se realizavam as mostras musicais temáticas, dos shows de calouros?!, das apresentações envolventes, de encantar a alma, que a  Banda Lira fazia em Camocim?! acabou-se! assim como acabou-se o festival de violeiros, o "Quarteirão da Alegria", que eram espaços de valorização dos artistas locais e de promoção da cultura de Camocim.

Acorda prefeita. 

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: