sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Grave - fossa estoura e alunos da escola de Tatajuba estudam em meio à fedentina e reforma inacabada

A situação dos alunos da Escola de Ensino Fundamental Gregório Pedro Alexandrino, da comunidade de Tatajuba, é a pior possível: a escola encontra-se numa reforma que dura quase um ano, sendo este o motivo que levou parte dos alunos a estudarem numa sala improvisada da sede da associação comunitária, sem estruturas adequadas. Já o restante dos alunos tiveram que permanecer na escola  também em condições desfavoráveis para o ensino, sendo que, pra piorar a situação, a fossa estourou praticamente dentro da escola, gerando uma fedentina insuportável, que obrigou os alunos  a estudarem fora da sala. 

"Um aluno chegou em casa com dor de barriga. É preciso a visita da vigilância sanitária urgente por que desse jeito não da pra continuar", disse ao blog um morador da comunidade.

As fotos (a cima), enviadas ao blog por moradores da localidade, mostram a lama de fezes praticamente na porta da repartição escolar, praticamente entrando no ambiente. 

Leia também



Carlos  Jardel



Nenhum comentário: