quinta-feira, 12 de abril de 2018

Sérgio estaria traindo Leônidas Cristino ao permitir que seus vereadores apoiem outros federais

O Revista Camocim já havia anunciado a instabilidade politica instaurada dentro do grupo comandado pelo deputado Sérgio Aguiar.  As declarações de hoje na Câmara AQUI, do vereador Oliveira da Pesqueira, apenas apresentaram a ponta do iceberg que deverá  vir a tona no decorrer dos próximos dias, provocando estragos ainda maiores e irreparáveis  no navio "Titanic do Papudo", que pode afundar de vez. 

Eis a situação visível: 

Os vereadores Oliveira, James e Zezinho da Rádio já "bateram o pé" rejeitando o federal de Sérgio Aguiar, o Leônidas Cristino. Eles representam dois partidos da base aliada, PCdoB e DEM - Lembrando: o DEM é presidido pelo advogado Zenilson Coelho, liderança politica na cidade de peso, que já não guarda segredos com relação a seu apoio a Robério e com descontentamento com o Governo Monica-. No entanto, um terceiro partido também já está se preparando para pular fora da "embarcação federal" de Sérgio, o Solidariedade, que é controlado pelo vereador Emanoel Vieira, este que, segundo bastidores, se articula para apoiar o deputado Genecias Noronha ou o próprio Robério Monteiro. 

O que tudo isso significa?

Significa dizer que das duas uma: ou Sérgio está enganando o deputado Federal Leônidas Cristino ou ele perdeu mesmo sua liderança no grupo. 

O que  Sérgio fará com os vereadores que declararam independência por ele (Sérgio) não ter cumprido sua parte nos acordos firmados  na campanha da Prefeita Monica, em 2016? Permanecerá com eles no grupo, como se nada de grave estivesse ocorrendo, ou irá expulsá-los? 

A situação é mais grave ainda, pois, para apoiar Leônidas em Camocim, com todos os seus vereadores e partidos do arco de aliança, Sérgio teria pedido em troca o apoio da cidade de Pacajus além de inúmeras emendas federal para o Governo Monica. 

Então: Leônidas aceitará ser traído por Sérgio, mesmo estando cumprindo os acordos? 

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: