Camocim na relação das cidades com remessa de vacinas retidas por não alcançar metas - Revista Camocim

Postagem em destaque

Online Telecom promove Campanha Solidária para ajudar famílias carentes de Camocim

 Faça a sua doação e participe dessa corrente do Bem!  A Online Telecom lançou uma Ação Solidária para arrecadar alimentos que serão doados ...

quinta-feira, 1 de abril de 2021

Camocim na relação das cidades com remessa de vacinas retidas por não alcançar metas

 Barroquinha, Coreaú, Uruoca, Senador Sá, Massapê e Jijoca de Jericoacoara também estão na lista dos municípios irresponsáveis que tiveram vacinas retidas. 




Camocim, de acordo com informações  da Secretária de Saúde do Estado do Ceará, consta na lista dos municípios que não alcançaram a meta de vacinação da Covid-19 e teve retida, por decisão do TRF-5,  a remessa de vacinas de hoje, 1º de abril. Veja AQUI .


Os municípios de Barroquinha, Uruoca, Coreaú, Senador Sá, Massapê e Jijoca de Jericoacoara, que também constam na relação.


Alfinetada


A prefeitura de Camocim, que há tempos denunciamos por irresponsabilidade na saúde pública, especialmente agora, nesta pandemia de Covid-19, tem comprovado, mais do que nunca, que estamos diante de uma gestão, não somente incompetente, mas também, e principalmente, criminosa!


Camocim é um dos municípios do Ceará que mais registra mortes provocados pelo Novo Coronavírus. A m´édia tem sido 01 (um) óbito por dia. Contudo, nunca procurou investir em estrutura para salvar a vida dos camocinenses. 


O Hospital Deputado Murilo Aguiar, por exemplo, apesar de ser regional, não possui uma UTI. porque isso nunca foi uma preocupação pra família politica Aguiar ao logo de mais de meio século.


A prefeita Betinha, laranja do referido grupo politico, que já deveria ter sido afastada pela Justiça e pela Câmara de Vereadores,  vem mantendo essa estrutura de morte, agindo sem transparência, sustentando em seu governo uma secretária da saúde também incompetente. 


Por outro lado, o Ministério Público Estadual em Camocim, apesar do império da morte, parece não existir em meio ao caos. Nenhuma providência contundente , até agora, foi tomada por parte do órgão.


Muitos camocinenses estão sendo sacrificados nesta pandemia, tanto pelo vírus, como pela gestão pública.  








Carlos Jardel

Nenhum comentário: