Fraude Eleitoral em Martinópole: Manobra absurda envolve a transferência de título de eleitor da própria filha do deputado - Revista Camocim

Polo Camocim: Santos Dumont, 220,Centro - Contato: (88) 9 9312 4283

Polo Camocim: Santos Dumont, 220,Centro - Contato: (88) 9 9312 4283

terça-feira, 20 de abril de 2021

Fraude Eleitoral em Martinópole: Manobra absurda envolve a transferência de título de eleitor da própria filha do deputado

 James Bel e Sérgio Aguiar iniciam articulação política de olho nas eleições 2021



O velho jogo político dos Aguiar está sendo posto em prática agora na cidade de Martinópole, aliado com outro político de atitudes questionáveis, no caso o ex-prefeito cassado e impugnado James Bel.


Acredite se quiser, a manobra dessa vez é tão absurda que envolve a transferência de título de eleitor da própria filha do deputado Sérgio Aguiar para o município de Martinópole.  Entenda: 


Numa tentativa de conseguir mais eleitores para aumentar a quantidade de votos nas eleições que se aproximam, já que a cada dia centenas e mais centenas de pessoas se decepcionam com a administração “tampão” que governa Martinópole, o candidato eleito que não assumiu nas últimas eleições, James Bel, pediu ajuda ao deputado Sérgio Aguiar para transferir eleitores de Camocim para que votassem em Martinópole. O absurdo é tão grande que o deputado articulou a transferência da própria filha, Monalisa Aguiar, como vocês podem conferir no Edital 31/2021 do Cartório da 25a  Zona Eleitoral.



Monalisa Aguiar atualmente dá plantões no município de Martinópole. Isso depois de ter sido demitida do SAMU de Camocim, após ter sido flagrado promovendo e participando de aglomerações em plena pandemia de Covid-19, ato que revoltou a população de Camocim.


Como na política há um ditado que diz: “uma mão lava a outra”, Sérgio, vendo que sua filha havia ficado “queimada” em Camocim, pediu ao seu aliado James Bel para conseguir uma vaga para ela em Martinópole, em troca das transferências de títulos! 


O problema do ditado acima é que muitas vezes as mãos juntas ao invés de se limparem, acabam se lambuzando na sujeira e na corrupção! 


Abra o olho ministério público eleitoral! Abra o olho povo de Camocim e Martinópole! O golpe tá aí, cai quem quer!


Carlos Jardel

Nenhum comentário: