Camocim - Vereador Mário Roberto questiona prefeitura sobre pagamentos ilegais com precatórios da Educuação - Revista Camocim

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Camocim - Vereador Mário Roberto questiona prefeitura sobre pagamentos ilegais com precatórios da Educuação


O vereador Mário Roberto (PCdoB) questionou na Tribuna da Câmara a  prefeitura de Camocim, que nos últimos 04 anos do governo Monica Aguiar,  usou  o seguinte argumento: 

"Não se pode pagar professor, não se pode fazer abono, não se pode fazer rateio do valor dos precatórios, porque o TCU proíbe. Existe uma norma do TCU que indica que não se pode fazer isso. O mesmo TCU diz que não se pode pagar com essa verba honorários advocatícios. Então porque a regra do TCU valeria para não pagar profissionais do magistérios e nos faríamos diante dele vista grossa diante do pagamento de honorários advocatícios?!. É algo incoerente! Disse o vereador, que também é professor efetivo do município e que continua lecionando em sala de aula, na Escola General Campos.





Mário Roberto também protocolou Requerimento solicitando informações da prefeita Betinha sobre os valores que foram efetivamente creditados nas contas especificas destinados ao precatório do Fundef, mantidas no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal.  Conforme o vereador, muitos professores perguntam se existe algum valor nas contas e qual o saldo. 



Carlos Jardel

Nenhum comentário: