Betão ignora as leis , retira o incentivo de todos os profissionais da saúde e não paga piso salarial dos agentes de endemias e Comunitários - Revista Camocim

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Betão ignora as leis , retira o incentivo de todos os profissionais da saúde e não paga piso salarial dos agentes de endemias e Comunitários


O prefeito interino do Município de Martinópole, vereador Betão, atropelou duas leis para prejudicar os servidores da saúde pública municipal. Ele retirou, sem sequer propor a revogação dos amparos legais, o incentivo financeiro destes trabalhadores da linha de frente no combate ao Covid-19.  E, pior ainda, além disso, o interino não pagou o piso salarial dos agentes de endemias e agentes comunitários de saúde. 


O ex-prefeito Júnior Fontenele, através de suas redes sociais, mostrou sua indignação e incentivou os trabalhadores a reivindicarem seus direitos. 


"Em abril de 2020, em meio a crise da pandemia do Coronavírus e vendo o esforço e dedicação que os funcionários da linha de frente tiveram em auxiliar e dar todo o suporte aos nossos habitantes, sancionei uma lei que daria um incentivo financeiro a todos eles, como forma de agradecer por arriscarem suas vidas para nos proteger".


O Ex-gestor de Martinópole disse ainda que  "a  lei é bem clara, e que "esse incentivo seria até quando durasse a crise da saúde, e os recursos seriam oriundos da ajuda que o governo vem repassando mensalmente para os municípios e, na falta deste recurso, seriam usados recursos próprios da prefeitura de Martinópole".


"Absurdo o que este desgoverno vem fazendo com a população e agora especificamente com os servidores da saúde, que tanto têm se dedicado ao combate à pandemia do coronavírus", lamentou.

Ainda falando sobre os Agentes de endemias e  Comunitários,  Júnior Fontenele ressaltou que todos deveriam a partir de 01 de janeiro receber  R$1.550, que é o valor do novo piso salarial, estabelecido por lei, fora a insalubridade de 310 reais". 


Seguem as duas leis que comprovam o direito dos servidores a receber a gratificação da Covid-19 e o aumento dos ACE e ACS.











Nenhum comentário: