Pandemia - Populares denunciam prefeito de Senador Sá por perseguição politica - Revista Camocim

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Pandemia - Populares denunciam prefeito de Senador Sá por perseguição politica

Prefeito estaria multando apenas os proprietários de estabelecimentos comerciais que não votaram nele


Moradores de Senador Sá estão denunciando as atitudes do poder municipal que se configuram perseguição politica, cometidos pelo prefeito Bel Júnior, que tem ordenado fiscais da prefeitura a multarem proprietários de estabelecimentos que não votaram nele.



Os filhos da dona de um restaurante da cidade gravaram vídeos nas redes sociais repudiando o ato do prefeito. 


O prefeito teria ordenado aos seus servidores para fotografarem e filmarem a movimentação de determinados estabelecimentos, e de seus respectivos proprietários, nos momentos em que os clientes  tiram máscaras de proteção para se alimentarem. 



" Não existe essa lei louca de pessoas perseguindo ninguém, tirando fotos de ninguém. Lei pra um pra outros não. Isso é loucura que está acontecendo", disse a filha da dona de um dos estabelecimentos prejudicados.



" Você (prefeito) mandou arrancar a placa da minha mãe e minha mãe tirou. Quem não tirou você derrubou, mas você derrubou só de quem não era do seu lado. As do seu lado estão lá. Estão no mesmo lugar. Isso é perseguição politica", disse. 



Enquanto isso, bares e lanchonetes dos aliados do prefeito promovem aglomerações, funcionam após as 22h e os clientes frequentam o ambientem sem o ouso de máscara de proteção  e sem álcool em gel.



" Esses, o prefeito não multa, não fiscaliza, não manda fotografar e nem filmar. Faz vista grossa", disse ao blog um morador de Senador Sá que pediu para não ser identificado por medo de perseguição politica.



Carlos Jardel 

Nenhum comentário: