Martinópole - Prefeito Interino vai às redes sociais afirmar que não pagará o mês de dezembro dos funcionários - Revista Camocim

Postagem em destaque

Online Telecom promove Campanha Solidária para ajudar famílias carentes de Camocim

 Faça a sua doação e participe dessa corrente do Bem!  A Online Telecom lançou uma Ação Solidária para arrecadar alimentos que serão doados ...

sábado, 9 de janeiro de 2021

Martinópole - Prefeito Interino vai às redes sociais afirmar que não pagará o mês de dezembro dos funcionários

As eleições de 2020 ainda não acabaram em alguns municípios do Ceará. Sete cidades poderão passar por novas eleições, uma delas é Martinópole, mas enquanto as novas eleições não são marcadas, o presidente da câmara Betão Souza, assumiu interinamente o executivo, para manter os serviços básicos funcionando e manter a ordem no município.Em tese, era pra estar acontecendo isso, mas a realidade tem sido muito diferente.

Leia: Ex-prefeito Júnior desmente e desafia Betão.

Nos bastidores muito se fala que na verdade quem está “mandando em tudo” é o ex-prefeito James Bel, que teve sua candidatura indeferida em todas as instâncias e por conta disso  as eleições de 2020 foram canceladas neste município. O que se torna mais grave nesse mando (ou desmando) terceirizado, é o rumo que as coisas estão tomando.

Além de aliados de James Bel estarem sendo nomeados para exercer funções que existem funcionários efetivos capacitados para as mesmas, transferências políticas para a zona rural foram feitas no intuito de alimentar o ódio e a vingança entre os moradores.

Mais um fato vem chamando a atenção, que são as obras de convênios federais que tiveram inícios, como a Praça de Eventos no Centro da Cidade, pleiteada pelo ex prefeito Júnior Fontenele, que na verdade só poderia dar início quando houvesse um prefeito de fato e de direito.

Mas o mais assombroso  conto agora: Sem temer o Ministério Público e nem a insatisfação popular dos mais de 800 funcionários do município, Betão afirmou em “ALTO E BOM SOM” que não pretende pagar a folha de dezembro de 2020.

Imediatamente após esta postagem, ele foi duramente atacado por funcionários revoltados nas redes sociais, assim como também foi questionado pelo ex-prefeito Júnior Fontenele sobre o porque não iria fazer o pagamento, já que de acordo com a Lei Complementar 62/1989, no Art 4° em seus incisos I, II e III deixa bem claro que os recursos do dia 10 de janeiro são para custear as despesas de dezembro. 

“A LEI É CLARA, prefeito Betão. Martinópole merece respeito, pague o DEZEMBRO.” Afirmou o prefeito Júnior Fontenele em um comentário!

O que se pode perceber, é que o prefeito interino está no mínimo “perdido” em suas ações, pois afirmou que só é responsável pelos recursos/despesas que entraram a partir do dia 01 de janeiro deste ano, mas já está “gastando” o recurso da praça de eventos, que somam 746 mil reais e entrou ainda ano passado, ou seja, na gestão do prefeito Júnior, pela lógica de Betão, ele também não deveria mexer nesse recurso.

AQUI e AQUI, segue o link das postagens de Betão afirmando que não vai pagar a folha de dezembro, e também a postagem de Júnior Fontenele “garantindo” que ele vai pagar, inclusive ameaçando ir ao Ministério Público na segunda- eira.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: