Prefeita Monica engana aprovados na seleção pública (2019) para agente de saúde - Revista Camocim

Postagem em destaque

Online Telecom promove Campanha Solidária para ajudar famílias carentes de Camocim

 Faça a sua doação e participe dessa corrente do Bem!  A Online Telecom lançou uma Ação Solidária para arrecadar alimentos que serão doados ...

segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Prefeita Monica engana aprovados na seleção pública (2019) para agente de saúde

A prefeitura de Camocim no ano 2019 publicou um edital de Seleção Pública para a contratação de Agente Comunitário de Saúde no dia 25 de novembro. Todo o processo se desenvolveu dentro dos prazos determinados pelo governo municipal, inclusive a realização das provas com divulgação dos resultados, no entanto, até a data de hoje, 07 de dezembro de 2020, a prefeita Monica Aguiar não convocou os aprovados, deixando todos num prejuízo financeiro e frustrados. 

Linha do tempo

25/11/2019 - Divulgação do Edital
17/12/ 2019- Divulgação dos locais da prova
22/12/2019 - Realização da prova
26/12/2019 - Divulgação do gabarito
27/12/2019 - Divulgação do resultado das provas. 
03/01/2020 - Divulgação do gabarito retificado
16/03/2020 - Divulgação dos aprovados nas provas escritas ( 47 candidatos)
07/12/2020 - Confirmação da sacanagem com os aprovados.


Convocação retirada 

Algo surpreendente que aconteceu foi a divulgação da convocação que o Facebook da Prefeitura divulgou e em 10 minutos retirou a postagem. Isso no dia 28 de maio às 9h . 

Prejuízo financeiro

O total de dinheiro arrecadado pela prefeitura com nas inscrições de candidatos foi de quase R$40,000  (R$ 38.580) Isso porque cada inscrito teve que pagar de taxa R$30,00.

"Depois disso fomos esquecidos, não fomos convocados talvez porque pessoas (eleitores) da oposição passaram( foram aprovadas), mas nosso mérito precisa valer",  disse ao blog uma selecionada no certame, que espera algum posicionamento da prefeita Monica e das autoridades locais. 

Alfinetada

Além da suspeita de que a prefeita tenha ignorado a convocação por conta dos aprovados partidários da oposição, outros imaginam que ela  tenha economizando dinheiro e vagas de contratados para a campanha eleitoral de sua candidata.

A prefeita também não pode tacar a "pandemia" como justificativa para não ter convocado, pois o serviço de saúde foi e continua sendo essencial.

O certo é que a prefeita Monica Aguiar enganou  e prejudicou os selecionados aprovados, assim como enganou durante vários anos os aprovados do concurso público. 

Os vereadores precisam cobrar essa "putaria" da prefeitura da Camocim e encaminhar o caso para o Ministério Público Estadual. 

O governo municipal não pode roubar assim, na cara das pessoas, e ficar por isso.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: