Mãe morre em processo de parto no Hospital Murilo Aguiar após agonizar por horas na recepção da Emergência - Revista Camocim

segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Mãe morre em processo de parto no Hospital Murilo Aguiar após agonizar por horas na recepção da Emergência


Uma mãe jovem de 25 anos, identificada com o nome de Maria da Assunção Teles Teixeira, morreu  ontem (13) durante procedimento de parto no Hospital Deputado Murilo Aguiar. Ela era natural de Granja e residia na localidade Jaburuna. 

O Revista Camocim obteve a informação de que a grávida passou horas na recepção da maternidade aguardando atendimento e após complicações teria sido transferida praticamente já sem vida para Sobral. No percurso, em Martinópole, foi confirmado o óbito. A criança passa bem. 

A outra informação é de que após a tragédia a família da vitima  passou o dia de ontem praticamente se humilhando, pedindo ao Hospital a cópia do prontuário da gravida, porém a direção se recusou a fornecer.
Alfinetada

Morte no  parto é inconcebível nestes tempos de século XXI! Infelizmente essas tragédias ainda ocorrem em Camocim, no Hospital que responde por Fraude do Sistema Único de Saúde - SUS.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: