Juiz Eleitoral de Martinóple decide: James Bel não será diplomado! - Revista Camocim

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Juiz Eleitoral de Martinóple decide: James Bel não será diplomado!


James Bel, eleito sob judice prefeito de Martinópole, aguarda decisão do TSE que deverá determinar nova eleição no município.

Na tarde desta quinta feira, dia 10 de dezembro de 2020, o juiz da 25ª Zona Eleitoral de Granja, Dr. Hugo Gutparakis, após James Bel tentar iludir os seus eleitores falando que todo o processo era somente “perseguição”, a justiça mais uma vez determina que James Bel não poderá ser diplomado e consequentemente não pegará na chave para administrar Martinópole. 

Decisão

“Considerados os dispositivos legais e os precedentes ora acostados, conclui-se, de modo inarredável, pela impossibilidade de diplomação do candidato James Martins Pereira Barros - “James Bel” como Prefeito eleito de Martinópole/CE, impondo-se a diplomação, até a data-limite de 18 de dezembro de 2020, do Presidente da Câmara de Vereadores daquele município como Chefe interino do Poder Executivo, aguardando-se decisão definitiva do Tribunal Superior Eleitoral – TSE.” 

Em suma, o que aconteceu foi que após James solicitar ao Juiz para ser diplomado teve seu pedido negado e consequentemente o próximo presidente da câmara municipal assumirá e aguardará o prazo das novas eleições. 

As informações são do blog Martinópole News

Alfinetada

A vergonhosa situação dos irmãos Bel.

Em Martinópole James Bel é ficha suja. Teve sua candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral. Seus votos foram nulos. Já em Senador Sá, município da vizinhança, o irmão do James, Bel Júnior, também teve os votos nulos pela Justiça, por conta do seu vice-prefeito que é ficha suja e tal situação comprometeu a chapa com o indeferimento. Os dois, recentemente, foram impedidos de serem diplomados pelos juízes eleitorais de seus respectivos municípios. E permanecendo tal situação, o Tribunal  Superior Eleitoral - TSE decretará novas eleições nas duas cidades da zona norte do Estado do Ceará.

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: