quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Sérgio Aguiar não considera a própria família

A situação da Situação só não é pior porque é hilária! e dizem que sofrer sorrindo é um santo remédio para o alivio das dores. Pois bem, então vamos ao que interessa nessa novela mista de dramas e comédias. Veja bem, a afirmação que circula  deste o inicio da tarde de ontem (02) é que o deputado estadual Sérgio Aguiar não tem consideração nem mesmo pela própria família, imagine pelos eleitores a quem costuma premiar todos os anos com o projeto pé na bunda. 

O careca jogou os primos Glauco e Leonardo para pastar durante um ano pleiteando a vaga de candidato a prefeito e depois os descartou impiedosamente sem mais nem menos, desconsiderando o próprio pai, Chico Aguiar, que tinha preferência pelo Glauco. Pior ele fez com a tia, Cláudia Aguiar, coitada, que foi a púbico gravar um vídeo de apoio pro filhinho Leonardo,  que serviu até de chacota nas redes sociais. 

A família Aguiar se resumiu a Sérgio e Monica, não tem pai, tios, irmãos, primos e mais ninguém que consiga interferir nas decisões do casal. Agora, pra não ficar feio, mais na frente, no decorrer da campanha, como subordinados da dupla, vão aparecer juntos pai, tios, primos, cachorros, gatos e papagaios da família Aguiar,  fingindo união.

O negócio é tão feio que dói na vista. Pra se ter ideia, um dos tios do Sérgio passa o ano inteiro detonando a administração da Monica e a maneira como ele toca a politica, porém, começo a campanha, engole tudo o que disse e se submete aos caprichos do sobrinho ditador, cujo projeto é colocar, daqui a quatro anos, uma de suas filhas no comando do grupo, emplacando-a como prefeita.

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: