sábado, 19 de setembro de 2020

Retorno das aulas presenciais no Ceará será gradual a partir de 1º de outubro, avisa Camilo

Aulas presenciais serão retomadas no Ceará a partir de 1º de outubro, segundo informou o governador Camilo Santana, em transmissão ao vivo realizada neste sábado, 19, nas redes sociais oficiais do Governo do Estado. A decisão foi definida após reunião do Comitê que delibera sobre o Decreto Estadual de Isolamento Social. De acordo com Camilo, o retorno deverá ser feito "de forma gradual e responsável". As escolas devem continuar oferecendo o ensino remoto, como opção para os pais e alunos.

A partir do próximo decreto, as atividades de ensino presencial em Fortaleza deixarão a fase de transição, segundo informou Camilo. Nessa etapa, já haviam sido liberados as aulas extracurriculares (idiomas, música, informática, etc); aulas práticas e estágio para concludentes e não concludentes do ensino superior; e a educação infantil do setor das escolas privadas, com 35% da capacidade.

Os municípios das macrorregiões de Sobral, Cariri, Litoral Leste/Jaguaribe e Sertão Central entram na etapa de transição da educação, com autorização para a educação infantil com 35% da capacidade. Após a avaliação de indicadores com os setores da educação pública e privada, o Comitê decidiu o retorno gradual das seguintes atividades presenciais, em Fortaleza, a partir de 1º de outubro:

1. Educação de Jovens e Adultos (EJA), com 35% da capacidade

2. Os 1º, 2º e o 9º ano do ensino fundamental, com 35% da capacidade

Informações do Jornal O Povo.

Nenhum comentário: