quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Nove das 10 melhores escolas do Brasil são do Ceará, conforme notas do Ideb

Os resultados do Ceará no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2019 garantiram destaque nacional ao Estado. Entre os anos iniciais do Ensino Fundamental – do 1º ao 5º –, nove das 10 escolas com índices mais altos do Brasil pertencem ao Ceará. 

O maior índice na categoria de anos iniciais foi registrado na Escola de Ensino Fundamental (EEF) Maria do Carmo Cardoso, da rede pública do município de Independência, a pouco mais de 300 Km da Capital. A unidade obteve nota 9,8 no ano passado, a mais alta do País. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (15) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 

Maria Socorro de Almeida Pimentel Silva, diretora da Escola Maria do Carmo Cardoso, conta que a instituição tem, atualmente, 350 alunos. Conforme a educadora, o trabalho em equipe e o entendimento de todos sobre a importância da educação foi o que fez a instituição chegar ao topo do ranking.

Uma das medidas é estimular que o aluno não deixe de ir para as aulas. "Dois dias sem ele dentro da escola já é motivo de preocupação. Buscamos saber o que esse aluno está fazendo. Quando não conseguimos falar com o aluno ou com a família, vamos na casa dele. Há visita domiciliar para vermos o que aconteceu, incentivar e solucionar. O lugar da criança dentro da escola. Tentamos de todas as formas despertar o aluno para o aprender", disse a diretora.

Em seguida no ranking, com índice de 9,7, estão as escolas José Carlos da Silva, de Quixeramobim, e José Augusto Ferreira, do município de Barroquinha. A única entre as 10 mais que não pertence ao Ceará é a Escola Municipal de Educação Básica Manoel Cotias de Jesus, situada em Jequiá da Praia, no Estado de Alagoas; a nota da unidade no Ideb 2019 também foi 9,7. 

Informações do Diário do Nordeste.

Nenhum comentário: