sábado, 19 de setembro de 2020

Estudo cearense sobre Covid-19 ganha reconhecimento internacional

O artigo "Sintomas Clínicos Recorrentes de Covid-19 em Profissionais da Saúde: Uma Série de Casos no Brasil" foi destaque internacional no site Covid Reference - plataforma que reúne debates e publicações científicas sobre o novo coronavírus. Realizado por pesquisadores cearenses ligados à Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), o estudo analisa casos de reincidência da Covid-19 em profissionais de saúde na linha de frente contra a doença.

A produção foi a primeira brasileira a relatar sintomas clínicos recorrentes do novo coronavírus. Entre os autores, Christianne Takeda, diretora clínica do Hospital São José; Magda de Almeida, secretária executiva de Vigilância e Regulação da Sesa; e Ricristhi Gonçalves de Aguiar Gomes, coordenadora da Vigilância Epidemiológica e Prevenção da Sesa. Ao quadro ainda somam-se os pesquisadores Keny Colares, infectologista do Hospital São José (HSJ), unidade da rede estadual; Tatiana Cisne Souza, orientadora da Célula de Informação e Resposta às Emergências em Saúde Pública da Sesa; Matheus Alves de Lima Mota, da Faculdade de Medicina da Universidade de Fortaleza (Unifor); e Luciano Pamplona, do Curso de Medicina do Centro Universitário Christus.

Os casos relatados apresentaram início dos sintomas entre os dias 16 de março de 2020 e 9 de abril de 2020, período onde os índices da doença seguiam em crescimento na região. Os avaliados têm a média de idade de 43 anos e o tempo decorrido entre o início dos sintomas nos dois episódios variou entre 53 a 70 dias.

Os pacientes reapresentaram alguns dos sintomas da doença, como febre, mialgia, dor de garganta e tosse. Ao realizar o teste RT-PCR nos enfermos, alguns deles apresentaram diagnóstico positivo em fevereiro de 2020: quatro dos pacientes relatados que receberam alta após dois testes negativos de RT-PCR reverteram-se para positivos 5 a 13 dias após a alta hospitalar.

Conforme explica uma das autoras, Christianne Takeda, a pesquisa é apenas o primeiro passo para alcançar novas descobertas. Isso porque antes de afirmar resultados relacionados a Sars-CoV-2, diversos estudos como o do artigo precisam ser consolidados, testados e reafirmados novamente: tudo com o intuito de articular resoluções rápidas e que atendam a população diante da emergência que vivemos.

Informações do Jornal O Povo.

Nenhum comentário: