segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Escolas podem passar 14 dias fechadas caso não se determine vínculo entre registros de Covid-19

O Governo do Ceará publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) deste domingo (20) as medidas de biossegurança específicas para o retorno das aulas presenciais. Uma delas é o fechamento por 14 dias das instituições que apresentarem casos de Covid-19 onde não seja detectado o vínculo entre os alunos e/ou profissionais que registram a doença.

A medida está dentro de uma série de orientações que as esciolas devem instaurar caso sejam confirmados casos de covid-19 entre os alunos após o retorno presencial, dado que as escolas podem ampliar a quantidade de séries com atividades presenciais a partir do dia 1º de outubro.

Para além dos casos entre estudantes de salas diferentes, o DOE ainda aponta que as instituições devem adotar as mesmas medidas, nos seguintes casos:

  • Pelo menos dois casos positivos ligados entre si, por circunstâncias fora da escola;
  • Pelo menos dois casos não vinculados, mas com exposição confirmada fora da escola;
  • E casos onde a conexão entre os alunos com covid-19 não possa ser confirmada.

Um dos cenários para estabelecer ou não a quarentena de alunos e profissionais é se o vínculo entre os casos positivos não for determinado, durante e após as investigações. Se isso ocorrer, a escola ficará totalmente fechada por 14 dias. 

Informações do Diário do Nordeste.

Nenhum comentário: