quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Camocim - Condenado bota o grupo pra sofrer


O casal condenado, Sérgio e Monica, respectivos marido e mulher, deputado estadual e prefeita de Camocim, líderes da oligarquia Aguiar, estão botando seus devotos pra sofrerem com a indecisão sobre os nomes que irão escolher para candidatos da chapa situacionsita - prefeito e vice.  Sérgio disse que só revelará os nomes no dia 12 de setembro, data da convenção municipal do PDT. 

Enquanto isso, o clima lá, nos bastidores da disputa interna, é pesado pra caramba. A queimação de filme entre os pré-candidatos, para além das falsas "fotinhas  amigáveis" de redes sociais, é desgastante e tem gerado desconfortos que nem mesmo a campanha resolverá. Haja visto que a pré-campanha deixará sequelas. 

Por exemplo, existem vereadores que já declararam: "se for o Ismael de vice é pedir pra perder e talvez  eu não vote". Outro vereador chegou a dizer que Sérgio "ficou louco", ao ponto de "alimentar seis nomes para prefeito, deixando para anunciar apenas no dia da convenção".

Outro vereador de situação anda dizendo, sem pedir segredo, que Glauco Aguiar é traidor e que Leonardo, apesar de não ser popular, é o melhor nome porque vai ter que "rezar na cartilha do Sérgio. Por outro lado comenta-se que Leonardo é o Bebeto II. 

Em fim, a realidade, pra eles lá, é angustiante, e o condenado Sérgio Aguiar: nem aí" 

Carlos Jardel

Nenhum comentário: