terça-feira, 1 de setembro de 2020

Auxilio Emergencial será de R$ 300 até o fim do ano

Mais quatro parcelas do auxilio emergencial com valor de R$ 300 e impacto de R$ 25 bilhões/mês. O anúncio foi feito na manha desta terça-feira (1º) em um café da manhã oferecido pelo presidente Jair Bolsonaro aos líderes dos partidos, no Palácio da Alvorada. A iniciativa de conversar com os congressistas antes de finalizar a proposta é mais um gesto de aproximação do presidente em relação ao Legislativo. 

"Agora resolvemos prorrogá-lo [o auxílio] por medida provisória até o final do ano. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do Bolsa Família. R$ 300 reais", disse o presidente.

Diferentemente do valor anterior, o novo auxílio emergencial precisa passar pelo Congresso Nacional. "R$ 600 é muito para quem paga e pouco para quem recebe", disse Bolsonaro. Não participaram no café da manhã o presidente da cãmra, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre. Os doius foram informados por telefone pelo presidente Bolsonaro.

Reforma Administrativa

Na ocasião, O presidente também informou que a reforma administrativa vai ser enviada ao Congresso na quinta-feira (3). "Encaminhar na quinta feira a reforma administrativa. Que fique bem claro, não atingirá nenhum dos atuais servidores. Ela se aplicará apenas aos futuros servidores concursados", afirmou Bolsonaro.

"Encaminhar na quinta feira a reforma administrativa. Que fique bem claro, não atingirá nenhum dos atuais servidores. Ela se aplicará apenas aos futuros servidores concursados", afirmou Bolsonaro.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário: