quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Alfinetada - Depois de muita gente na cova, em campanha eleitoral, prefeita inventa de testar 12 mil para o covid -19

Prefeita não deu conta de testar a população sintomática no pico da pandemia, imagina agora, depois de sacos e caixões e muita gente na cova, testar assintomáticos.

A Prefeita Monica Aguiar anunciou ontem (01) AQUI  que realizará a testagem de 12 mil pessoas, entre crianças e professores da rede pública municipal. Agora, vamos analisar a conjuntura dessa ação: em plena pandemia, a prefeita deixou a população desassistida, sem testes suficientes para todas as pessoas que apresentavam sintomas, fazendo com que a procura por exames particulares fosse o maior percentual de testes positivos no município.

Além do mais, ao invés de investir na compra de testes ou medicamentos para a população a prefeita comprou “sacos pra defunto” e caixões, demonstrando não estar preocupada com a saúde do povo camocinense. Ainda podemos dizer que exerceu grande culpa na intensidade dos casos positivos e óbitos a tomar tardiamente as medidas de isolamento e distanciamento social, sem que exercesse real fiscalização da tomada das medidas. 

Levantamos aqui algumas  questão: Como será feita agora essa testagem? Com testes rápidos que não conferem segurança na não transmissão da doença? O que a prefeita quer dizer com teste clínico: avaliação por profissionais de saúde? E os assintomáticos, como garantir que não irão transmitir o vírus? Ou será essa atitude apenas um meio de usar indevidamente o dinheiro público que deveria ter sido investido nas ações de saúde no pico da pandemia? 

Vale lembrar que a prefeitura gastou milhares no aluguel da tenda para uma ala de assistência à Covid-19 com valor exorbitante.

Mais uma vez, a prefeita tenta ludibriar a população camocinense e novamente demonstra total desrespeito com a vida da população.

 Carlos Jardel 

Nenhum comentário: