Retomada chega a 85% dos empregos liberados no Estado hoje (6) - Revista Camocim

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Retomada chega a 85% dos empregos liberados no Estado hoje (6)


Com mais um passo dado no Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais anunciado neste fim de semana pelo governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e pelo prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), o Ceará passa a ter, a partir de hoje (6), aproximadamente 90% das atividades que compõem o Produto Interno Bruto (PIB) com funcionamento presencial autorizado e cerca de 85% dos empregos liberados, de acordo com o secretário executivo de Planejamento e Gestão da Secretaria do Planejamento (Seplag), Flávio Ataliba.

Conforme decreto publicado no Diário Oficial da Estado (DOE) no último sábado, Fortaleza avança para a terceira fase da reabertura das atividades, porém com algumas restrições. A nova etapa previa a abertura de bares e de restaurantes no turno da noite, além da retomada do funcionamento das barracas de praia, mas o Executivo estadual barrou as operações.

Conforme Flávio Ataliba, foi observado nos últimos dias "um pequeno repique" nos indicadores de saúde relacionados ao coronavírus, o que fez com que o Governo do Estado decidisse não reabrir esses estabelecimentos agora.

"Apesar da trajetória decrescente em 14 dias, tivemos um pequeno aumento nos últimos dias em alguns indicadores e isso é um alerta de que precisamos ir um pouco mais devagar nessa liberação. Estava prevista a liberação de bares, barracas e restaurantes em horário noturno, mas queremos um tempo a mais para verificar se esse repique continuará crescendo ou se foi apenas uma flutuação temporária", disse Ataliba em transmissão realizada ontem (5).

Ele pontuou que a decisão foi tomada para que não seja preciso retroceder na reabertura, conforme observado em outros lugares. Sem citar o Rio de Janeiro, o secretário executivo de Planejamento e Gestão disse que "não podemos assistir aqui o que aconteceu com outras cidades no último fim de semana, com pessoas sem máscara".

"Não está pensando na própria saúde, nem na saúde de outra pessoa", disse, acrescentando que é preciso que os cearenses tenham essa responsabilidade com o uso da máscara e no sentido de evitar as aglomerações, saindo de casa apenas quando for estritamente necessário.

Informações do Diário do Nordeste.

Nenhum comentário: