quinta-feira, 16 de julho de 2020

Prefeitura de Jijoca teria, através de manobra ilegal, incentivado servidores a requererem o Auxilio Emergencial

Agora, prefeitura notifica servidores para que devolvam o recurso do governo.


A prefeitura de Jijoca de Jericoacoara está notificando os servidores da prefeitura que receberam o Auxilio Emergencial do Governo Federal de forma irregular, para que devolvam o beneficio aos cofres federais. JIjoca é o segundo na lista dos municípios do Ceará investigados por possível fraude no Auxílio Emergencial, ficando atrás somente de Fortaleza. Ao todo 628 servidores da prefeitura receberam o beneficio.

O Problema é que, segundo fontes do Revista Camocim, a própria prefeitura, através da secretaria da educação, teria incentivado os servidores contratados a pedir o Auxilio. Uma mensagem no wahtsapp, que o blog teve acesso, revela a suposta manobra. (abaixo). 

O secretário da pasta da educação teria feito o distrato dos contratos dos servidores para que os mesmos tivessem acesso ao recurso federal. 

A Câmara de Vereadores de Jijoca e o Ministério Público precisam investigar o caso.





Alfinetada

Agora, do nada, os contratados terão que desembolsar a quantia de R$ 600 a R$1.200 reais e ficarem no prejuízo.  Isso se não vierem a ter graves problemas com a Justiça Federal além de ficarem com seus nomes expostos. 

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: