terça-feira, 14 de julho de 2020

Ocupação das UTIs cresce no Ceará nos últimos quatro dias


A taxa de ocupação dos leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) no Ceará apresentou crescimento nos últimos quatro dias, de acordo com dados da plataforma IntegraSUS, gerenciada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Até a atualização de 17h57 dessa segunda-feira (13), o valor era de 72,24%, enquanto nas enfermarias chegava a 40,36%.

De sexta-feira (10) a domingo (12), o número variou entre 66,63% e 71,64%. Diante de um recorte maior, entre 5 e 12 de julho, a média da taxa de ocupação foi de 71,02%.

Os dados mostram ainda que o Ceará contabilizou 6.975 óbitos em decorrência da Covid-19 e 137.234 diagnósticos positivos do novo coronavírus. A taxa de letalidade, ou seja, a proporção entre as taxas de casos e mortes confirmadas, está em 5,1%.

De acordo com o boletim epidemiológico da Sesa, o número de recuperados do vírus SARS-CoV-2 chegou a 111.238 e ainda há 70.309 casos e 593 óbitos em investigação. Desde o início da pandemia, já foram realizados 348.190 exames para detectar o vírus no Estado.

Os números divulgados pela Sesa são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detecção da presença do vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.

A capital cearense se mantém como o epicentro da doença no Estado, com 38.142 confirmações da Covid-19. Fortaleza contabiliza também 3.534 mortes, com taxa de letalidade em 9,3%. No geral, 28.614 pacientes diagnosticados obtiveram alta.

Informações do Diário do Nordeste.

Nenhum comentário: